Do fundo da geladeira: Minerva Stout Imperial

Faz um tempão que eu fui para o México em busca de alternativas à Sol, Corona, Dos Equis e trouxe na bagagem um par de garrafas da cervejaria Minerva, uma Pale Ale e uma Russian Imperial Stout (essa da foto aí embaixo).

Para Reyes? Sei, sei...

Já dá uma desanimada pelo teor alcoólico, 6% ABV, coisa de uma Pale Ale… Esperava no mínimo o dobro para uma RIS (o BJCP diz que o mínimo é 8%, mas o BeerHacking é de cervejas extremas). Limpei a mente e fui ver o que essa cerveja tem a oferecer.

Essa cerveja tem todas as características de uma Dry Stout, uma Guinness por exemplo… Aroma e sabor de mate torrado, café, chocolate, poco encorpada, desce leve e não impressiona.

Essa long neck serviu para esse post rápido. E se for ao México tente procure pelas cervejas Tempus ou a Cucapá ChupaCabras ou vá até uma BeerFactory provar a Coyote e a Luna llena…

Publicado por Fio Cavallari

Analista de segurança, pesquisador de malwares, guitarrista ruim e imitador do Silvio Santos.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: