Pancada líquida (post convite?)

“Hoje é dia de Stout, bebê!” – Christiane Torloni sobre os posts de hoje.

E com uma diferença, agora temos um post de um autor convidado!

A regra do blog é a mesma de sempre, não aceitamos colaboradores que não sejam da nossa área de atuação profissional, e devem gostar de cerveja tanto quanto nós!

O Sansquer é um amigo, que já foi meu gerente conselheiro na primeira era KPMG, geek, roqueiro e cervejeiro da melhor qualidade.

Esse ainda não é o post de estréia dele no blog, mas é um convite. Vai que…

################################################################################
#                                       Texto copiado sem muita frescura do blog: Onde há fé que eu leve a dúvida.
################################################################################

Uma bela Russian Imperial Stout que durante a produção passou por maturação em barris de whisky provenientes da ilha escocesa de Arran.
O barril da BrewDog é feito de carvalho para amadurecer Bourbon americano e cruza o Atlântico para produzir whisky escocês e depois é utilizado pela Brew Dog para fermentar a Paradox.
Com isso temos uma cerveja que é para poucos com o seu toque amadeirado e os 10% de teor alcoólico.

Tem uma espuma densa e duradoura com uma cor preta intensa, o cheiro de café também se faz presente. Desce aveludada e tem pouca carbonatação.

Resumindo, é uma típica cerveja brasileira….. NOT!

Publicado por Fio Cavallari

Analista de segurança, pesquisador de malwares, guitarrista ruim e imitador do Silvio Santos.

Participe da discussão

1 comentário

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: