# route add 209.170.118.50 gw 127.0.0.1 lo

[Se você chegou aqui procurando como criar rotas no seu Linux: http://linux.die.net/man/8/route%5D

(já que estava aqui como rascunho e o @fiocavallari ficou apreensivo e cheio de graça com a cerveja de chá verde… vamos lá)

Seguindo a tradição do b33rw4rz e ainda da série “deixe o @fiocavallari com raiva” vamos hoje comentar sobre a degustação da

Mikkeller Barrel-Aged Black Hole

mais uma cerveja que o nome é RTFM, e, mas, façamos a engenharia reversa n00b do rótulo:

Cerveja escura, bem escura, envelhecida em barril. Barril do que? de vinho. de qual tipo de vinho? vinho tinto (por isso o papel vermelho na embalagem). Se fosse vinho branco, seria branco? Sim senhor(a), existe a mesma cerveja envelhecida em barril de vinho branco. Na verdade, a Mikkeller fez várias Black Hole, algumas envelhecidas em barris de whiskey, outras em conhaque, etc.

que mais?

Café, Mel e Baunilha. Só falta a panqueca porque a cobertura já está pronta.

Essa sim é o que eu esperava de uma cerveja com café (leia o post sobre a Koppi). Não que eu não tenha gostado da Koppi, por sinal, gostei, e MUITO. Mas, como foi comentado antes, sempre que ouço falar ou vejo uma cerveja com café, imagino uma cerveja bem escura, bem encorpada, tipo, aquela que dá um chacoalhão quando você dá o primeiro gole.

E essa é a cerveja que segue a descrição acima. De uma maneira muito grosseira, lembra a Geek’s Breakfast (stout, café, etc, etc), mas, de novo, com o toque e a cor de vinho. Sim, quando você está colocando a cerveja no copo, ela é meio vermelha. Colarinho e abotuadura: ZERO. Nada. Niente. Uma das características de uma boa Russian Imperial Stout.

Falando em Russian Imperial Stout, bom, já falamos de Stout aqui, não?
Falamos de cervejas Stout, mas, não exatamente o que é uma Stout… então:

Stout
Cerveja escura, encorpada. Derivada das cervejas Porter populares no Reino Unido lá pelos anos 1700. Porter é uma cerveja escura, a Stout a mais escura, mais encorpada. Diz a lenda (aka: wikipedia) que Stout era uma palavra que servia também para definir “orgulhoso” e “braveza”, e depois do século 14 simplesmente signifca “forte”.
A Stout mais conhecida é a Irlandeza Guinness, hmmm, Irish Car Bomb. Guinness é cremosa devido ao nitrogênio e talz, mas, isso fica para outro post.
A cerveja em questão hoje é uma Russian Imperial Stout. O que é isso? Cerveja escura, mas, mais forte ainda que uma Stout “normal”. Porque mais forte? Lembra da história da IPA? India Pale Ale? que tinha mais lúpulos para que não estragasse à caminho da India?
Então, a Russian Imperial Stout não tem nada disso, Russian Imperial porque era a cerveja feita na Inglaterra para ser exportada para a corte russa, mas, devido as temperaturas congelantes no trajeto, o grau alcoólico teve que ser maior, assim não virava picolé de ceveja.
Pronto, então agora que sabemos o que é uma RIS, podemos continuar.

Cerveja forte, 13.10% ABV, gosto de “queimado” (outra característica das RIS), tipo açúcar mascavo queimado, mas não extremamente doce. Escuríssima e “grossa”, a foto abaixo, é a mesma contra a luz, e não se vê nada. Ao mesmo tempo, desce bem. O balanço do amargo/queimado com o doce/alto teor alcoólico a torna complexa e boa.

Talvez a mesma em formato “draft” (choppeira) seria bacana. Mas, não dá para tomar muitas, é bem forte. Não só pelo alto teor alcoólico. Como o @fiocavallari falou na sua review da Geek Breakfast, é uma refeição.

Cerveja: Mikkeller Barrel-Aged Black Hole Red Wine
Cervejaria: Mikkeller
Geo: De Proefbrouwerij
ABV: 13.10%
IBU: N/A

Publicado por effffn

http://about.me/effffn

Participe da discussão

4 comentários

  1. Não fiquei apreensivo… 🙂 Mas que eu tô ficando chateado em não encontrar umas brejas assim por aqui, estou…
    Vou tentar fazer uma RIS nesse final de semana, mas será a primeira Stout. E será em homenagem à Silver Bullet Conference. 🙂

  2. bom, eu fiquei de culhões cheios e fui repor o meu estoque, apesar que estarei pelo mundo afora e não poderei degustar as brejas tão logo. e você tem algumas beldades na geladeira….

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: