Do fundo da geladeira: Gauloise Blond harmonizando com C++

Neste domingão acordei inspirado, na verdade não tinha escolha: era assistir Domingo Legal ou escrever um código em C++ que simula o comportamento de um malware… Fui codar! Enquanto escrevia a parte que o malware rouba informações, resolvi tomar uma breja pra turbinar a inspiração, mas qual?

A geladeira vai enchendo conforme vou encontrando cervejas especiais, diferentes ou à preços bons. O problema é que algumas vão indo pro fundo e acabam sendo esquecidas. Foi o caso da Gauloise Blond.

Comprei naquela leva do Sam’s Club, acho que paguei uns R$ 6,00 a garrafa de 330 ml,o mesmo volume de uma longneck, mas com um formato diferente, bem legal. Breja da cervejaria Brasseire du Bocq, cervejaria familiar belga que chega no Brasil pelo Sam’s Club, que também importa outras cervejas deles.

Essa breja é uma Belgian Blond Ale, mesmo estilo da Leffe Blond (que é muito boa). São as Pale Ales da Bélgica, também conhecidas como Golden Ales, pela sua coloração.

Loirinha me acompanhando num domingo de trabalho...

E é justamente no visual que essa breja assustou. A cor dourada era esperada, mas a quantidade de sedimentos foi muito grande. Acho que nunca tomei uma cerveja comercial com sedimentos tão aparentes. Essa Blond está mais pra uma Freckled Blond (loira sardenta)… A espuma não foi nada parecida com a Leffe que é bem densa e de longa duração, mas foi bonita.

Eu acho que muita gente jogaria fora a loirinha por causa das sardas...

Recomendada a ser servida entre 5 e 12 graus celcius, o aroma foi aparecendo conforme a cerveja foi esquentando e o sedimento se misturando. No começo parecia uma cerveja de trigo, depois uma witbier (como a hoegaarden) além de uns toques cítricos.

No paladar a cerveja é diferente da Leffe, mais condimentada e frutada que sua irmã. Acho que são as sardas… Mas depois o amargo aparece dando uma personalidade legal à essa breja.

A harmonização com C++ não aconteceu, comecei a beber e fui cozinhar. 🙂 Poxa, já são 13:37 e eu estou com fome! 😛

Publicado por Fio Cavallari

Analista de segurança, pesquisador de malwares, guitarrista ruim e imitador do Silvio Santos.

Participe da discussão

1 comentário

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: