Beer g33k, hipster, snob or lover?

Uns caras que moravam na California resolveram criar um dia para comemorar a Cerveja e, dia 5 de Agosto se tornou o International Beer Day.

Em um dos tantos tweets que rolaram com a hashtag #BeerDay, um deles me chamou a atenção: 12 dicas para você não ser um beer chato no blog do pessoal da KudBier (ainda não conseguimos uma breja deles, mas um dia postaremos algo aqui).

Se você começou agora a conhecer cervejas diferentes, é normal que a empolgação o deixe mais perto de um Beer Snob que de um Beer Lover. Mas e um Beer Geek? Será que ele é considerado chato, snob ou hipster?

Da mesma forma que os Hackers, Crackers, Bankers, Lulzers, Anonymous sofrem com os labels (ou como o @nbrito diz: “Label pra mim só o Black Label”), acho que classificar apreciadores de cerveja também é complicado. Mas vou tentar mesmo assim.

Beer Snob – Aquela pessoa chata, que reclama se o boteco da esquina não tem aquela cerveja trapista que tanto gosta, reclama das pessoas que estão tomando uma cerveja que não segue a Reinheitsgebot. Acredita que a sua cerveja artesanal é melhor que qualquer outra coisa no universo e, se você disser algo contra ela ou contra seu gosto, você está fadado a um discurso de 40 minutos sobre os monges cegos da Birmânia que produzem cerveja no porão de monastérios… ZzZzZzZz…

(O video fala de beer geek, mas eu não concordo…)

Beer Hipster – Assim como aquele ou aquela hipster que trabalha perto de você, que gosta de umas bandas esquisitas que ninguém ouviu falar, ou que já gostava daquela tal música antes de virar Mainstream e a banda que fazia, era melhor antes e blá blá blá. O hipster é um pouco diferente do snob, já que ele não quer que a cerveja produzida nas nanos que só ele conhece seja distribuida em mais que um raio de 20km…

Beer Lover – Conhece as mesmas cervejas que o hipster, às vezes até mais, já que não é tão chato. Também faz sua cerveja artesanal, mas diferente do snob, sabe os defeitos da sua cria. Sabe a hora e o lugar para cada tipo de cerveja, mesmo sabendo que aquela cerveja é “mijo de cavalo”, se estiver estúpidamente gelada e na beira da praia ou na boca da churrasqueira, não há nada melhor…

Beer Geek/NerdAma cervejas da mesma forma que o

Eu sou um

Publicado por Fio Cavallari

Analista de segurança, pesquisador de malwares, guitarrista ruim e imitador do Silvio Santos.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: