… (continued) B33rlease Notes Part Deux

continuando na saga, mil cervejas em um post (ou dois) do blog (o que está parecendo mais um changelog da vida), vamos para cervejas em outro local. O não-tão-famoso Hackneys (o mesmo que comentei no i sh0t the sheriff que os empregados usam a camiseta “I am a hack”). Depois de capengar por 13.1 milhas, […]

Beer Log? Não, está mais para B33rlease (aka: Release) Notes (part I)

2 semanas depois da DefCon, o que acontece? Tirando a recuperação. E uma meia-maratona. Nada. Mas, no meio da recuperação, muito trabalho, uma meia-maratona e “nada”. Cerveja ainda faz parte da vida. A diferença é que não deu muito tempo de blogar absolutamente nada, e, nessas, o @fiocavallari está achando que esvaziando a geladeira dele, […]

Zica da braba!

Sempre me perguntam a quantas anda a release de Sampa da Fail Ale, mas acho que vou precisar comprar um vaso de 7 ervas pq toda vez dá alguma merda… Vedação das panelas, resfriadores, mangueiras e agora o FREEZER. Sim, ele simplesmente parou… Amanhã vou ligar pra assistência técnica e ver que merda está acontecendo. […]

B33r W4rZ – Batalha de Waterloo, Du Bocq Waterloo Tripel :)

A guerra das brejas entre effffn e eu estava um pouco parada, mas hoje temos uma nova batalha! Na verdade não, mas o nome da breja de hoje remete a uma batalha de verdade, a de Waterloo (tô com preguiça de falar sobre história, então dá uma pesquisadinha no google, eu espero…) … … Pesquisou? […]

La Gauloise Ambrée, a irmã morena da loirinha sardenta…

Lembra da loirinha sardenta que veio da Bélgica para a minha geladeira? Então, ela tem uma irmã morena, na verdade de cabelos castanhos escuros. Uma Amber Ale que me custou R$ 6,00 Sam’s Club, e está R$ 8,00 no Empório Alto dos Pinheiros (precisa comprar bastante pra fazer valer a entrada no clube). A diferença […]

Cerveja ou refri? Bacchus Frambozenbier

Já ficou claro na saga que a Sheila (minha namorada) AMA de paixão as Fruit Beers, a primeira foi a Hoegaarden Roseè: uma witbier com framboesas e essa breja abriu as portas para que ela provasse outros tipos de cerveja. Hoje tomamos uma Hoegaarden e uma Flying Dog Dogtoberfest na hora do almoço, apesar de […]

Menos uma na geladeira: Paulistânia Pale Lager

A primeira vez que eu provei a Paulistânia foi num bar/balada/clube em São Paulo, numa região conhecida como Baixo Augusta. Este clube era chamado Astronete, que infelizmente foi embargado pela Subprefeitura da Sé. O lugar é muito louco, decorado com posteres de filmes B/Trash/Pornhorror, caveiras, pin-ups e tem até uma go-go girl chamada Lady Cupcake. […]

< sotaque italiano > Heineken! < /sotaque italiano > <!– Birra Moretti

Vou parar de falar das compras do Sam’s Club, tô parecendo o LulzSec Brasil falando dos dados “revazados”. Mas comprei várias brejas, acho que queria valer os R$ 45,00 investidos para entrar no clube. Prometi a mim mesmo que só vou comprar outras brejas quando esvaziar pelo menos uma das prateleiras da geladeira (aproximadamente 15 […]

Hackeando uma cerveja sem álcool…

Esse video foi filmado no final da feijoada de aniversário do Rodolfão (pai do que escreve aqui e do que owna a breja). Fiquem com o video, é melhor não tentar explicar essas coisas. Não tentem fazer isso em casa, a não ser que tenham tomado todas e enfim…

%d blogueiros gostam disto: