Cerveja e Hacking são coisas só de homem?

Caí de paraquedas numa polêmica maior que a dos mamilos!

Parece que o Maurício do Bar Brejas de Campinas fez umas piadas ou referências machistas num evento por aí, depois se retratou no programa Pão e Cerveja. Aí a Ingrid Calderoni do blog Trilha da Cervela respondeu a retrataçãodo Mauricio e citou a minha saga como um exemplo concreto de como nós, homens machos que odeiam mulheres (lembra dos Batutinhas?), reforçamos esse estereótipo de que cerveja não é bebida de mulher… Enfim, uma novela (bem coisa de mulherzinha mesmo… Brincadeira Ingrid, amigo, amigo…).

Minha saga não tinha como objetivo reforçar estereótipos de que mulher só gosta de bebidinha doce, talvez se o post fosse “Como fazer a minha namorada gostar de cerveja”… Bom, vou continuar a postar a saga, pois todos, sejam mulheres ou homens, se divertem com isso (inclusive a minha namorada) e os feedbacks (menos o seu) foram bem legais.

Infelizmente não sou jornalista (ou sou, já que não precisa mais de diploma né? 😛 Brincadeira, amigo, amigo…), não tenho o dom da escrita. Não sou problogger, tanto que este blog não tem patrocínios e provavelmente nem terá. Fazemos isso por diversão e por que gostamos de cerveja. Trabalho, e a maioria dos leitores deste blog (que são pouquíssimos) também, em uma área onde a presença de mulheres tende a zero. Não somos estivadores no porto de Santos, pra você que caiu aqui de perdido, esse blog é mantido por profissionais de Segurança da Informação, hackers, os anjos da internet…

As poucas mulheres que existem neste meio (aqui no Brasil) sofrem nos eventos nada women-friendly, na verdade os eventos normalmente não são friendly para ninguém de fora da (o migrainehacker vai gostar disso) “cena” de segurança da informação do Brasil.

Nem eu, nem ninguém que posta neste blog, quer afastar as mulheres do Hacking ou da Cerveja (mas mulheres, não se aproximem muito senão minha namorada acaba com a minha raça), queremos é difundir as duas culturas para todo mundo.

Ingrid, não fique brava com esse sujeito, mas ser chamado de sujeito foi foda, meu nome tá no blog, bom, sei lá… Mas quando a Fail Ale estiver pronta, mandamos uma para as meninas da Maltemoiselles degustarem. E não será “cerveja de homem”, será cerveja de n00b mesmo… 😛

Mulheres, continuaremos tentando mostrar para vocês, do nosso jeito tosco, que cerveja é bom e bem mais gostosas que as batidinhas de uva com vinho. 😉

Leitores, por favor, sem fazer DDoS ou deface no site das meninas… Ao invés disso, convidem as moças para uma breja vai que rola um climão maneiro… 😀

(sei que vou apanhar por causa desse post, mas eu adoro uma polêmica…)

Publicado por Fio Cavallari

Analista de segurança, pesquisador de malwares, guitarrista ruim e imitador do Silvio Santos.

Participe da discussão

1 comentário

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: