Há muito tempo, numa galáxia muito, muito distante…

Um dia, conversando com meu pai sobre o que fazer na sua aposentadoria (e com a grana que iria levar de recisão contratual, por que não), levantei a possibilidade de brincar de fazer cerveja em casa. Seria um ótimo passa-tempo e no final do processo todos ficariam felizes tomando uma cerveja diferente.

O tempo passou, meu pai desencanou da ideia, mas eu ainda continuei pensando nisso, pesquisando sobre o assunto e a vontade de inciar a produção ficava cada vez maior. Conheci uma galera que já estava produzindo em casa ou até mesmo em microcervejarias e todos me deram muito apoio, descobri que existe uma comunidade. Entrei nas listas das AcerAs (Associação dos Cervejeiros Artesanais), vi que muita gente se ajuda, troca idéias, experiências e cervejas.

Baixei todos os documentos, manuais, guias, HOW-TOs e afins que pude encontrar, mas nenhum me pareceu completo ou me agradou 100%. Aí como diz o velho deitado: Se não gostou, faz melhor.

Nessa linha de pensamento e trazendo o espírito hacker para o processo de fabricação artesanal de cerveja tive a idéia de criar este blog. Algo como um diário de bordo dessa empreitada. E sempre tentando ser o mais open source possível (ou Creative Commons, sei lá).

Acredito que depois de mutios erros e acertos teremos um manual completo, didático e divertido.

Let’s Hack.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: